O poder dos nutrientes: fósforo

Boa noite leitores,

É super importante conhecermos um pouquinho sobre cada um dos inúmeros micronutrientes, vitaminas e minerais, que existem e que fazem parte diretamente do nosso dia a dia, mas que na maioria das vezes não sabemos a influencia que eles fazem à nossa saúde, pois damos muito mais relevância aos macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras), hoje vou falar do fósforo.

O fósforo é o segundo mineral mais abundante no organismo, só perde para o cálcio, mas ambos trabalham em conjunto. Ele é fundamental no metabolismo de proteínas, gorduras e carboidratos, e controla a atividade da enzima necessária para a ativação da vitamina D (clique aqui para ler mais). Assim, o fósforo participa da formação saudável dos ossos, na digestão, na excreção, no equilíbrio hormonal e na utilização de nutrientes, em geral.

Os níveis de fósforo no sangue podem se alterar de acordo com a idade e o tipo de alimentação. Por exemplo, dietas ricas em carboidratos reduzem a concentração de fósforo, além disso, a hipofosfatemia também prejudica a digestibilidade de lipídios e proteínas, podendo gerar falta de apetite, retardo no crescimento, ossos fracos, dor muscular, formigamento e outros sintomas. A carência de fósforo pode ser intensificada pelo alcoolismo, jejum e desnutrição, diarreias e vômitos e uso prolongado de medicamentos antiácidos gástricos, entre outras causas.

Já quando os níveis estão elevados no organismo, na hiperfosfatemia, pode ocorrer pelo hipertireoidismo, uso de drogas e hormônios, hiperlipidemia e insuficiência renal. Podendo produzir sintomas gastrintestinais, como náuseas, vômitos e diarreia, além de dor muscular e anemia.

O fósforo se encontra em vários alimentos, suas mais importantes fontes são frutas secas, ovos, peixes, carnes, castanhas e sementes, hortaliças verde escuras, leguminosas, leite e derivados.

Espero que tenham gostado e aprendido mais!

Fonte: PONTES, T. C.; CAGOL, L.; DUTRA, F. M.; PORTZ, L. Disponibilidade do fósforo em alimentos de origem vegetal: atuação na nutrição de peixes. Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR, Umuarama, 2015/ VIEIRA, Márcia de Souza. Bioquímica do fósforo. Universidade Federal, 2010/ SILVA, Ana Cristina Simões. Distúrbios de cálcio e fósforo na infância. Rev Med Minas Gerais, 2006.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s