Você sabe o que é Chlorella?

Boa noite leitores,

Já ouviram falar da Chlorella? Sabem qual é sua função no organismo e como ela pode nos beneficiar? A procura de novas substâncias antioxidantes, principalmente de origem natural, tem sido o foco de vários estudos, as microalgas possuem importância nutricional e ecológica. Já falei aqui da Spirulina (clique aqui se você ainda não leu), e hoje vou falar um pouco da Chlorella, as mais estudadas nos dias de hoje.

A microalga Chlorella é uma alga verde, encontrada tanto em água doce quanto no mar, ela têm sido muito estudada e utilizada pelo seu potencial nutricional, por apresentar principalmente proteínas, vitamina A, vitaminas do complexo B, ferro, zinco, além dos compostos fenólicos e pigmentos (clorofila em maior quantidade, carotenoides e ficocianina). Utilizada como suplemento alimentar e alimento funcional, assim como na indústria de cosméticos e farmacêutica.

Diversos estudos têm demonstrado suas atividades antioxidantes, anti-inflamatórias, antimicrobiana, antifúngica, entre outras, sendo usadas para prevenção de doenças crônicas (diabetes, hipertensão, hipercolesterolemia). Esta microalga tem demonstrado excelentes resultados no tratamento de úlceras gástricas, feridas, prisão de ventre, câncer, e na imunidade e bem-estar em geral.

O consumo da Chlorella por conter altas concentrações de proteínas pode
melhorar a saciedade, ajudando então ao processo de emagrecimento quando em conjunto à uma alimentação equilibrada e a prática frequente de atividade física. Dentre as proteínas, o principal aminoácido presente na alga é o triptofano, o qual é o precursor da serotonina, neurotransmissor conhecido pela sensação de bem-estar.

Ela podem ser consumida em pó, adicionado-a aos alimentos ou utilizada em cápsulas. Até o momento, nenhum efeito tóxico foi visto, mas é sempre importante ficar atento aos sinais e sintomas após seu consumo frequente. Sugere-se o uso 3 gramas por dia, porém essa quantidade pode variar dependendo do histórico de saúde, e também para qual finalidade está sendo usada, por isso procure um nutricionista.

Espero que tenham gostado e aprendido mais, me escrevam sobre o que desejam ler por aqui!

Fonte: MACHADO, Adriana R. et al . Uma abordagem sobre caracterização e avaliação do potencial antioxidante de extratos fenólicos de microalgas Spirulina sp. LEB-18 e Chlorella pyrenoidosa. Rev. de Ciências Agrárias,  Lisboa ,  v. 40, n. 1, p. 264-278,  mar.  2017/ DANTAS, Danielli Matias de Macêdo. Atividade biológicas das preparações obtidas das clorofíceas Chlorella vulgaris e Scenedesmus subspicatus Chodat e suas potenciais aplicações biotecnológicas. Recife, 2013/ VECINA, Juliana Falcato. Atividade moduladora da alga Chlorella vulgaris sobre os parâmetros imunohematopoéticos, metabólicos e de sinalização de insulina em animais obesos. Campinas, 2013/ TEIXEIRA, Carolina et al. A eficácia da chlorella como inibidor de apetite associada ao exercício físico e dieta balanceada alterando a composição corporal. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s