Maçã X Pera

Boa noite leitores,

Frutas muito conhecidas e consumidas, com o sabor também bastante similar, hoje é a vez da maçã e da pera, no “combate” dos alimentos. Elas que já estão no cotidiano de muitos de nós, mas que ainda pra maioria vários de seus benefícios são desconhecidos. E aí, qual delas vocês acha que possui mais nutrientes? Qual delas será que “venceu” o combate de hoje?

A maçã é uma das frutas mais consumidas no Brasil, mais do que a pera, por ter o seu valor comercial um pouco mais baixo. As duas são saborosas e podem ser utilizadas em vários tipos de preparações, in natura, sucos, bolos, chás, sorvetes, etc. Lembrando que tanto para a maçã, quanto para a pera, o consumo com a casca é super recomendado, é nela que os nutrientes estão mais concentrados.

Vamos observar a tabela nutricional abaixo, comparando as duas frutas:

TABELA NUTRICIONAL

Porção de 100 g – 1 unidade (média)

Composição

Maçã

Pera

Calorias 63 kcal 53 kcal
Carboidratos 16,6 g 14 g
Proteínas 0,2 g 0,6 g
Gorduras totais 0,2 g 0,1 g
Fibras 2 g 3 g
Água 83% 85%

Podemos observar com a tabela acima, que as duas frutas são ótimas opções e que devem estar presentes frequentemente na nossa alimentação, a variedade de frutas é fundamental para a saúde completa do corpo. As duas frutas são cheias de água, possuem poucas calorias, e bastante fibras, sendo que a pera contém 67% mais fibras que a maçã, ponto positivo pra ela.

Além do que mostrei na tabela, ao ler alguns estudos é possível citar outros benefícios das duas frutas. A maçã é cheia de compostos bioativos e fitoquímicos, como a quercetina (leia mais sobre ela aqui), e o ácido ursólico, importante com propriedades antibacterianas, anti-inflamatória e antitumoral. E a pera tem um papel importante no controle do peso e da gordura corporal, devido ao seu alto teor de fibras, ela também é capaz de regular o intestino.

Assim, após contar um pouquinho sobre as duas frutas e ver os maiores benefícios de cada uma, podemos dizer que quem “venceu” o combate de hoje que estava bem concorrido, foi a maçã! O que acharam?

Espero que tenham gostado e até semana que vem!

Fonte: Chang et al. IDF Prevents Obesity by Improving the Gut Microbiota. J. Microbiol. Biotechnol. April 2017/ Cargnin, S. T, Gnoatto, S. B. Ursolic acid from apple pomace and traditional plants: A valuable triterpenoid with functional properties. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Outubro, 2016/ Fabiane, R. Minelli, L. Rosignoli, P. Apple intake and cancer risk: a systematic review and meta-analysis of observational studies. Public Health Nutr, 2016 Oct/ Hyun TK, Jang KI. Apple as a source of dietary phytonutrients: an update on the potential health benefits of apple. EXCLI J. 2016;15:565-569.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s