Alimentos funcionais: beterraba

Boa noite leitores,

Muita gente ainda olha pra beterraba e pensa que, pela sua cor forte (“semelhante” com carnes vermelhas) ela seja uma fonte de ferro, e que assim seu consumo seria indicado para prevenir e curar anemia. Isso é um mito sabiam?! Mas a beterraba tem uma nova função importante que a maioria desconhece, vamos ver qual é?!

A beterraba é uma raiz originária de regiões europeias e norte-africanas de clima temperado, encontrada facilmente em toda época do ano sendo de custo acessível comparando com outros tubérculos. Sua coloração vermelho-arroxeada é devido à presença de betalaínas, um pigmento natural que nesse caso é dividida em duas categorias: betanina (responsável pela coloração avermelhada e apresenta de 75% a 95% do pigmento total na beterraba) e beta xantina (responsável pela coloração amarelada, caracterizando a coloração típica das raízes). As betalaínas são instáveis em presença de luz, água e oxigênio, por isso o ideal é consumi-la em sua forma crua (ralada ou sucos – que sejam ingeridos logo após o preparo).

Além de possuir importantes nutrientes como vitaminas do complexo B, fibras e potássio, a beterraba também é fonte de nitrato (substância presente no solo, na água e nos vegetais). O qual tem sido identificado como um precursor importante do óxido nítrico, uma alternativa sugerida na regulação da pressão arterial e do fluxo sanguíneo, integridade gástrica, proteção contra a lesão isquêmica, lesões no miocárdio, hepáticas, renais, pulmonares, vasculares e cerebrais, além do seu papel na homeostasia (equilíbrio químico do organismo), no estresse oxidativo e alguns tipos de inflamação.

O nitrato, ingerido via beterraba crua, ganhou recentemente atenção como um meio alimentar ergogênico, ou seja, o consumo de beterraba (como fonte de nitrato vegetal e natural) já foi comprovado por estudos que auxilia praticantes de atividade física. Principalmente em esportes de longa duração e alta intensidade, pois o aumento da biodisponibilidade do óxido nítrico aumenta a eficiência respiratória, diminuindo a fadiga e assim aumentando o desempenho do atleta durante o exercício.

Assim, pra você que continua insistindo em comprar (sem recomendação nutricional) suplementos caros e artificiais, porque não investir num alimento acessível e que além de contribuir com os exercícios físicos também ajuda o organismo em vários outros quesitos?! 

Espero que tenham gostado e aprendido mais, até semana que vem!

Fonte: O uso da beterraba como vasodilatador em praticantes de atividades físicas. Ling. Acadêmica, Batatais, dez. 2017/ Chyosho, Beatriz, Antonio de Menezes Freitas, Patrícia. EXTRAÇÃO DO CORANTE DA BETERRABA (Beta Vulgaris) PARA APLICAÇÃO EM COSMÉTICOS/ ALVES AU; PRADO RM; GONDIM ARO; FONSECA IM; CECÍLIO FILHO AB. 2008. Desenvolvimento e estado nutricional da beterraba em função da omissão de nutrientes. Horticultura Brasileira 26. Hortic. bras., v. 26, n. 2, abr.-jun. 2008/ Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Efeitos do suco de beterraba na perfomance de exercícios de endurance. São Paulo, Outubro, 2014.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s