Alimentos funcionais: berinjela

Boa noite leitores,

A berinjela tem sido bastante estudada e assim recomendada como um alimento funcional, aqueles alimentos que além das funções nutricionais básicas, produzem efeitos benéficos à saúde sabem?! Muitos são os benefícios do consumo adequado de frutas e hortaliças na prevenção e redução de doenças e para uma melhor qualidade de vida, é aí que o consumo de berinjela entra, vamos ver o por quê?

A berinjela, botanicamente chamada de Solanum Melongena, é originária da Índia e muito consumida por árabes e orientais. É um vegetal com alto teor de água, cheia de fibraspotássio e compostos fenólicos. Sua cor roxa (casca), é devido à presença de flavonoides do tipo antocianinas, a qual possui propriedades antioxidantes.

Na composição da berinjela, foi identificado também um elevado teor de ácido clorogênico, um composto fenólico abundante em plantas como forma de proteção natural, com elevado potencial antioxidante. Tais compostos antioxidantes (antocianinas e ácido clorogênico) atuam na prevenção de doenças cardiovasculares, degenerativas e no câncer, além de estarem presentes durante um envelhecimento saudável.

Os resultados dos estudos analisados permitiram concluir que o consumo adequado de berinjela, representa um dos tratamentos alternativos e de baixo custo para as hipercolesterolemias, melhorando o colesterol total e ainda auxiliando na redução do peso corpóreo. Sendo este último ligado ao elevado teor de fibras presentes na berinjela, que mesmo após altas temperaturas (cozimento) têm sua quantidade pouco alterada.

Contudo, vários compostos presentes na berinjela podem causar reações alérgicas que se manifestam sob diferentes formas, se consumida em excesso e/ou de forma crua, como problemas de estômago, enxaquecas e desconfortos intestinais. Por isso, a forma mais indicada de consumir a berinjela é cozida, refogada e assada com a casca, ou através do chá (infusão) da própria casca.

Os tratamentos naturais para as dislipidemias (doenças com alta concentração de gordura no sangue), como uma alimentação com pouca gordura saturada, rica em fibras, vitaminas, minerais e o hábito frequente de se exercitar, são medidas que devem ser utilizadas como meio de minimizar os efeitos colaterais, a incidência de doenças e aumentar a qualidade de vida.

Espero que tenham gostado e aprendido mais, ótimo feriado e até semana que vem!

Fonte: CARVALHO, M. M. S.; LINO, L. L. A. Evaluation factors featuring eggplant
(Solanum melongena L.) as a functional food. Nutrire: rev. Soc. Bras.
Alim. Nutr. = J. Brazilian Soc. Food Nutr., São Paulo, SP, v. 39, n. 1, p.
130-143, abr. 2014/ Rev. Bras. Pl. Med., Botucatu, v.9, n.1, p.51-60, 2007/ Jorge e col. Efeito da berinjela na hipercolesterolemia experimental. Arq Bras Cardiol volume 70, (nº 2), 1998/

 

 

 

 

 

 


2 comentários sobre “Alimentos funcionais: berinjela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s