Você sabe o que é PANC?

Boa noite leitores,

Você já ouviu falar sobre PANC? Já experimentou alguma? Gostou? Adicionou na sua lista de compras ou na sua horta?

Muita gente ainda não sabe, mas a sigla PANC significa Plantas Alimentícias Não Convencionais, e são todas as plantas que poderíamos consumir, mas que ainda não consumimos, ou nem conhecemos. Depois da redescoberta de algumas destas plantas, o consumo vem aumentando bastante, pois além de serem nutritivas, algumas também são medicinais.

Uma forma rica, sustentável e saudável para a alimentação de todos, é a utilização das Plantas Alimentícias Não Convencionais. Essas plantas, muitas vezes são vistas como pragas ou ervas daninhas, porém possuem importante valor nutricional. Podem ser desde sementes e frutas até gramíneas (sim, os famosos “matinhos”), e variam de região para região. Muitas vezes, o que é considerado PANC em um estado pode ser algo comum em outro.

A forma de preparo destas hortaliças não convencionais pode ser como as comuns, podemos colocar em sucos, em saladas cruas, refogar, utilizar como ingrediente em tortas, molhos, chás e etc.

Vejam alguns exemplos de Plantas Alimentícias Não Convencionais:

A taioba, por exemplo, é rica em fibras e por isso nos dá saciedade e auxilia no funcionamento intestinal. O guaco, é um excelente fitoterápico contra doenças respiratórias, assim como a urtiga; a carqueja nos auxilia na digestão; o peixinho previne inflamações no trato-gastrointestinal; a capuchinha é ótima contra infecções urinárias e doenças de pele, etc. Cada uma com um sabor característico e um benefício importante à saúde.

E agora, depois de conhecer sobre as PANC, você ficou com vontade de incluí-las na sua alimentação? Espero que sim, pois uma alimentação variada de fontes naturais, nos trás muitos nutrientes e deixa nossa vida mais saudável e sustentável também.

Gostaram dessa matéria? Me escrevam mais assuntos que gostariam de saber.

Até semana que vem!

Fonte: Guia Prático sobre PANCs: Plantas Alimentícias Não Convencionais. Instituto Kairós, São Paulo, 2017/ Revista Pensar Gastronomia, v.3, n.1, abr. 2017.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s