Diga sim às frutas

Boa noite leitores,

Antes de começar a ler esta matéria, quero que você se pergunte: quantas frutas eu comi hoje? Estou falando de frutas in natura, já pensou? Agora podemos começar.

O assunto “frutas” está em alta né?! Tanto pelo lado positivo, de que muitos já estão mudando seus hábitos alimentares e ingerindo mais frutas, quanto pelo lado negativo que ainda muitos de vocês pensam que fruta engorda, que as que possuem mais carboidrato (frutose) não podem fazer parte do nosso dia a dia, que se ingerirmos frutas ou sucos (naturais) estaremos correndo o risco de termos determinadas doenças (cirrose, oi?!) e bla bla bla. Sim, pra mim isso é um bla bla bla, as frutas são o grupo alimentar que mais liga o prático ao nutritivo, alguém discorda?

Atualmente as fibras são os ingredientes mais utilizados na elaboração de alimentos funcionais, mas porque procurá-las em alimentos industrializados se elas podem ser consumidas facilmente e naturalmente pelas frutas, e ainda obter muitas vitaminas e minerais?

Está comprovado que nos últimos anos o consumo de frutas aumentou significativamente, mas ainda é sabido que não o adequado, isso em todas as faixas etárias, várias regiões do mundo e em todas as classes sociais. De acordo com o Ministério da Saúde, todos, devem ingerir de 3 a 5 porções diárias de frutas (claro que adequando isso a necessidade e condição de cada paciente).

O que está em alta agora é a palavra “frutose“, a qual é um carboidrato (monossacarídeo) de extrema importância, pois além da geração de energia, os carboidratos atuam como elementos estruturais da parede celular e como sinalizadores no organismo, são ESSENCIAIS à vida. Essa que citei, é a frutose em sua forma natural, mas existe também a frutose que aparece em rótulos de alimentos industrializados, que não é retirada das frutas viu?! Não se enganem, falarei sobre isso em um outro post.

Quero deixar claro que, o carboidrato (frutose) presente nas frutas não é o mesmo que o presente no pão (glicose), por exemplo. As frutas in natura, por trazerem a frutose combinada com fibras, minerais e vitaminas, não causam a mesma alteração no nosso corpo do que a batata, a tapioca, o macarrão, porque têm uma absorção mais lenta no organismo. Coma banana, manga, mamão, laranja, não uma dúzia deles, mas uma porção que irá te trazer saúde, só e somente, precisamos de mais alguma coisa?

 

O fato mais importante de se consumir frutas, qualquer uma delas (quanto maior a variedade melhor, pois cada uma é rica em um determinado nutriente), é devido a correlação que existe em diminuir a incidência de doenças cardiovasculares, degenerativas, inflamatórias e até alguns tipos de câncer. Por isso, comam mais frutas, por favor!

Espero muito que eu tenha conseguido tirar a má fama das frutas, da cabeça de alguns de vocês, me escrevam se quiserem saber mais.

Beijos e até semana que vem!

Fonte: Fatores associados ao consumo de frutas e hortaliças no Brasil, 2006. Rev Saúde Pública 2009/ MACHADO, Rachel Helena Vieira; FEFERBAUM, Rubens; LEONE, Claudio. Consumo de frutas no Brasil e prevalência de obesidade. J. Hum. Growth Dev.,  São Paulo, v. 26, n. 2, p. 243-252, 2016.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


3 comentários sobre “Diga sim às frutas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s