Você sabe o que é Kombucha?

Boa noite leitores,

Já ouviram falar de kombucha? Outro alimento “novo” no pedaço, que na verdade estava esquecido e que agora está sendo adorado por muitos. Mas, o que comem, onde vivem, como se reproduzem? Brincadeiras a parte, são estas perguntas mesmo que vou responder agora.

Kombucha é a junção de bactérias e leveduras originárias da China no século passado, onde os micro-organismos são capazes de crescer em infusões de chá (preto, mate e/ou verde) e açúcar, e formar um caldo fermentado, que apresenta muitos benefícios a saúde. O fungo (precursor do kombucha) consiste de uma “placa” de cogumelo gelatinosa e resistente na forma de um disco chato, que vive na infusão e constantemente se multiplica. Quando é colocado na solução de chá e açúcar começam os processos de fermentação e oxidação. Assim, estes processos quebram a sacarose (do açúcar) em glicose e frutose, e geram dióxido de carbono e etanol (em baixa concentração); esse processo dura aproximadamente 7-10 dias.

Conhecido pelos chineses como um elixir (produto com efeito ativo na saúde), após a fermentação o kombucha transforma-se numa bebida gaseificada repleta de vitaminas, enzimas, probióticos, aminoácidos, substâncias antibióticas e ácidos que nos trazem efeitos positivos. Assim como o kefir, o kombucha também pode ser feito em casa a partir de doação e cultura, ou então ser comprado de marcas que já fazem a bebida saborizada (algumas adicionam açúcar além do da infusão básica, por isso fiquem de olho nos rótulos).

O kombucha desempenha um papel importante nos processos bioquímicos do corpo, é eficaz para a atividade estomacal e intestinal (recompondo a flora), na artrite e no envelhecimento. O efeito do chá geralmente aparece muito rapidamente, efetuando uma desintoxicação do sangue e melhorando até manchas na pele. Além disto, é capaz de melhorar dores de cabeça, dores nos membros, gota, entre outros problemas.

Para finalizar a matéria, quero esclarecer que a maioria (não todo) do açúcar utilizado para fermentação é consumido, assim se você possui Diabetes ou está tentando emagrecer consulte um nutricionista para saber se o kombucha é recomendado pra você e a quantidade que deve ser consumida, além das gestantes e crianças que também devem ser avaliadas individualmente (por conta da produção de etanol). Não aposte todas as suas fichas no kombucha porque ele também não é milagreiro, ok?!

Espero que tenham gostado e aprendido mais, qualquer dúvida me escrevam.

Beijos!

Fonte: Günther W. Frank. “The American raum & zeit” (Mount Vernon/USA) Volume 2, Número 5, 1991, paginas 51-56/ Santos RJ Jr, Batista RA, Rodrigues SA, Filho LX, Lima AS (2009) Atividade antimicrobiana do caldo fermentado com colônias Kombucha. J Microbial Biochem Technol 1.

 

 

 


Um comentário sobre “Você sabe o que é Kombucha?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s