Alimentos funcionais: cogumelos

Boa noite leitores,

Os cogumelos são alimentos muito apreciados desde a Idade Antiga pelo seu elevado valor nutritivo e seu potencial medicinal, além de serem classificados como nobres em pratos culinários. São vários os tipos existentes, mas os mais consumidos (aqui no Brasil) são os que vou falar um pouquinho hoje: Paris (champignon), Shiitake e Shimeji, que estão em ordem decrescente dos mais utilizados por aqui.


A Associação Nacional dos Produtores de Cogumelos (ANPC) conta que os cogumelos são “macro fungos com corpos de frutificação característicos, grandes o suficiente para serem visíveis a olho nu e coletados com as mãos”. Estudos científicos têm comprovado que os cogumelos comestíveis fornecem benefícios ao organismo, não apenas com propriedades nutritivas, mas também tônicas e medicinais. Ainda, apresentam qualidades de textura, aroma e sabor, e assim estão sendo cada dia mais, adicionados as preparações culinárias.


Um estudo da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp em parceria com o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), avaliou os valores nutricionais dos principais cogumelos comestíveis. Água, carboidrato e proteína são os principais constituintes dos cogumelos, mas eles também são fontes de fibras e folatos (mineral importante que se deficiente no organismo pode causar anemia megaloblástica, com perda sensorial, incapacidade de controlar os músculos, depressão; ainda aumentar as chances de doenças cardiovasculares e ser um contribuinte para o desenvolvimento de câncer, além de ser essencial na formação fetal – Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra), e possuem uma quantidade considerável de fósforo (com função de formação saudável dos ossos, melhora na digestão, formação de proteínas, equilíbrio hormonal).

Observem a tabela abaixo com a composição nutricional dos três tipos de cogumelos mais utilizados:

OBS: Viram que eu coloquei entre parênteses que os alimentos avaliados eram crus?! Isso é muito importante, pois a grande maioria dos cogumelos encontrados (o champignon, por exemplo) são vendidos em conserva, a qual deve ser evitada, devido a adição de sal, açúcar e outros compostos. 

Ao longo dos últimos anos, a produção de cogumelos no Brasil tem se estruturado e, atualmente, o consumo deles vem crescendo. Porém, se comparada com a produção de países como China, Itália e Estados Unidos, essa quantidade é considerada pequena, e por isso o custo de venda dos cogumelos aqui ainda é elevado, podendo estar presente no prato de uma minoria.

Estes fungos fazem parte principalmente do cotidiano dos vegetarianos/veganos, pois como falei possuem proteína de alto valor biológico. Contudo, para aqueles que ainda não se consultaram com um nutricionista e fazem dos cogumelos a única fonte de proteína, não deve ser assim. Mesmo contendo uma boa quantidade de proteína vegetal, estas são absorvidas pelo organismo em menores quantidades do que as proteínas de origem animal e assim se consumidos exclusivamente, a quantidade de cogumelos necessários para o aporte adequado de proteínas ao longo do dia, seria enorme. Por isso, para os desavisados, não se deve trocar a carne pelos cogumelos igualmente, eles devem ser um dos componentes do prato fonte de proteína, os quais juntos resultarão numa quantidade recomendada.

Com o seu alto teor de fibras e baixíssima quantidade de gordura (crus, claro), os cogumelos são ótimos aliados a alimentação saudável e na prevenção de doenças. Só tem que ficar de olho com as preparações, combinado?!

OBS: Consumam somente os conhecidos e comercializados ok?! Cuidado, muitos dos cogumelos existentes na natureza são venenosos e causam diversas reações no organismo.

Vamos tentar incluir mais cogumelos no nosso dia a dia?!

Beijos e até semana que vem!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s