Por que a Academia Americana de Pediatria não recomenda sucos para crianças menores de 1 ano?

Boa noite leitores,

A alimentação no primeiro ano de vida é o fator mais importante que define a saúde à longo prazo. Os distúrbios que incidem neste período são responsáveis por graves consequências para os indivíduos, e por isso é fundamental nos inteirarmos dos assuntos que vão surgindo, como o que vou falar hoje.

A polêmica da vez: a Academia Americana de Pediatria publicou que eles não recomendam a ingestão de nenhum suco de frutas para crianças menores de 1 ano, alegando que estão preocupados com o índice de obesidade infantil e a saúde dental. Para isso, pretendem fazer programas especiais que apoiam reduzir o consumo de suco de frutas e promover as frutas frescas.

Sucos crianças

-> Traduzindo:

  • Abaixo de 1 ano: nenhum suco;
  • 1 – 3 anos: até 120 ml (1/2 xícara de chá) por dia;
  • 4 – 6 anos: até 180 ml por dia (3/4 xícara de chá);
  • 7 – 18 anos: até 240 ml (1 xícara de chá) por dia.

Minha opinião: principalmente nos Estados Unidos, mas atualmente também em grande escala no Brasil, crianças menores de 1 ano já possuem uma alimentação de adulto, com muitos produtos industrializados e com ingestão de quantidades excessivas de todos os tipos de alimentos. Falando especificamente dos sucos, tenho certeza que a maioria da população ainda compra sucos de pó e caixinha e dão para a família inteira, certo? Triste, mas certo.

Além disso, outros que migraram para os sucos naturais insistem em colocar açúcar e fazer o suco puro, sem adição de água, o qual ficará realmente calórico. Além dos práticos de plantão darem somente sucos ao invés de frutas in natura para as crianças, considerando que os sucos naturais por virem das frutas serão sempre saudáveis. Estão aí os motivos que levaram a Academia Americana de Pediatria a tomar essa medida.

Eu achei uma recomendação radical, a qual poderia ser uma orientação aos responsáveis enfatizando que até os 6 meses o aleitamento materno deve ser exclusivo (sem complemento de água, chás, sucos e afins) e após isso ( com orientação médica e nutricional) deve-se adicionar as frutas (in natura e sucos, sempre variando e nunca substituindo as refeições maiores e a água) e os outros alimentos pertinentes de acordo com a quantidade adequada.

Obs: a questão das frutas perderem fibras e vitaminas quando se tornam sucos, vou falar em outra matéria.

Espero que tenham gostado e se atualizado. Me mandem dúvidas, comentários e assuntos que desejam saber para os próximos posts.

Beijos!!!

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s