O que é KEFIR?

Boa noite leitores,

Hoje vou falar um pouquinho do Kefir. Um alimento que está em alta, mas que já existe há muitos anos e nós nem imaginávamos. O Kefir, também conhecido como quefir, tibicos, cogumelos tibetanos, plantas de iogurte, cogumelos do iogurte, é definido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, como sendo: Leite fermentado, adicionado ou não de outras substâncias alimentícias, obtidas por coagulação e diminuição do pH do leite, ou reconstituído, adicionado ou não de outros produtos lácteos.

O Kefir foi descoberto na região do Cáucaso, nos limites entre a Europa e a Ásia, há 4 mil anos, por povos que eram conhecidos pela sua longevidade. Suas bactérias sempre se proliferam e os grãos encontrados hoje são descendentes diretos dos originários. Os grãos excedentes não são vendidos, mas, tradicionalmente doados.

Hoje, é grande a utilização dos probióticos e pré-bióticos para a promoção da saúde, por isso o Kefir está sendo tão divulgado. Ele possui uma composição nutricional mais rica do que outros alimentos probióticos e com menor custo de produção. O método tradicional de produção ocorre diretamente pela adição de seus grãos no leite (de preferência o desnatado, que pelo fato de ter menos gordura, aumenta a produção de bactérias láticas) ou em água com açúcar mascavo. Podendo assim, ser preparado em casa e ser incluído na alimentação da população, sobretudo nas famílias de baixa renda.

Alguns estudos dizem que, o Kefir preparado a partir do leite pode ser consumido por quem tem intolerância à lactose, pelo fato da enzima lactase (que quebra a lactose) ser produzida durante a sua fermentação. E que o preparado com água e açúcar mascavo, trás benefícios ao sistema gastrointestinal, mas que tem a restrição para alguns consumidores, pelo fato de ser usado o açúcar na preparação. Quanto maior o tempo de fermentação, mais ácido ele será, e quanto maior for o tempo de armazenamento refrigerado, maior teor alcoólico e maior redução da lactose.

Ainda não se sabe as condições climáticas ideais para se fazer a reprodução dos grãos do Kefir e por isso é difícil reproduzi-los. Fora isso, há outro motivo para que ele ainda não tenha começado a ser comercializado, sua fermentação é constante e assim a produção de gases também. Com isso, até hoje não foi inventado um recipiente que se fechado por alguns meses aguentaria este tipo de pressão. Além disso, ele deve ser mantido por temperaturas ideais, pois em temperaturas negativas, sua composição microbiana pode ser reduzida, o que não queremos que aconteça.

Lembrando que o Kefir é diferente dos iogurtes, dos leites fermentados (aqueles de marcas famosas, sabem?) e das coalhadas. Sua característica se difere devido à combinação da fermentação ácida com a alcoólica. Ele só se assemelha a estes produtos pela aparência, pois sua composição é dita como mais completa, possuindo: leveduras; bactérias; lactobacilos; cálcio; carboidrato; fósforo; lactase; magnésio; potássio; proteínas; triptofano; vitamina K e vitaminas do complexo B.

Assim, vários estudos dizem que o leite fermentado com grãos de Kefir além de possuir efeitos probióticos, auxilia também: na regulação de desordens do trato gastrointestinal (causadas por micro-organismos, como a Salmonela); redução do colesterol, da pressão arterial; melhora do sistema imune e da glicemia; efeito antialérgico, antitumoral e anti-inflamatório.

Contudo, como eu sempre falo tudo deve ser avaliado individualmente e o Kefir não é diferente. Os estudos sobre ele ainda são escassos e intolerância à lactose e problemas gastrointestinais, por exemplo, são sérios e podem levar à consequências ainda mais severas, por isso cuidado com a ingestão de alimentos que você ainda não conhece. Vá ao Nutricionista, ele saberá te orientar.

Espero que tenham gostado e aprendido.

Até a próxima, beijos!

 


2 comentários sobre “O que é KEFIR?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s