Pimenta: conheça seus inúmeros benefícios

Boa noite leitores,

Muito consumida no mundo inteiro, a pimenta é além de uma excelente ajudante no processo de perda de peso, cheia de outros benefícios que quem ainda não as utiliza, com certeza irá começar. Seus tipos também são vários, por isso vamos conhecer os mais citados e como elas podem ser aliadas para nossa saúde.

A pimenta é um fruto do gênero Capsicum, a qual através de seus componentes melhora nossa saúde em vários aspectos. Ela é mais conhecida e falada pelo seu poder termogênico, o qual ajuda no processo do emagrecimento, mas também possui  atividade antimicrobiana, antiinflamatória e anticancerígena  por conter o nutriente capsaicinoides.

Este nutriente é aquele que denomina a ardência do fruto, quanto maior seu nível, mais ardida será a pimenta, e por consequência mais concentrada em capsaicinoides.

Além disso, elas é rica em vitamina C, aumentando as funções imunes do organismo, contribuindo com a prevenção do envelhecimento e facilitando a absorção do ferro, um nutriente importantíssimo para o funcionamento básico do corpo. 

Também possuem vitamina E, a qual é importante para a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, como Parkinson, doenças do coração, câncer, Alzheimer.

Vou detalhar um pouco sobre três pimentas muito consumidas: 

– A pimenta do reino: é a mais consumida de todas. Seu grão descascado é conhecido como pimenta branca. Está classificada como ardência 1, e é ótima para realçar o sabor dos alimentos. Prefira comprá-las em grãos e moer na hora do preparo.  – A pimenta dedo de moça: é conhecida popularmente no Brasil como aquela que começa a deixar a língua dormente pois já possui ardência 5. Quando ressecada e moída, é conhecida pelo nome de pimenta-calabresa – Pimenta malagueta: de ardência 8 faz esquentar o corpo inteiro se você morde as sementes. É comum para acompanhar carnes e peixes, e indispensável na culinária baiana.  Estes são apenas alguns exemplos de pimentas, das inúmeras que existem. Lembrando que  o consumo diário de pimenta é recomendado mas seu excesso não, pois a ingestão em grande quantidade de qualquer alimento não trás consequências positivas

O mais indicado, nutricionalmente falando, é consumir as pimentas em seu estado fresco, para manter todas as vitaminas e minerais. Porém suas outras versões também são recomendadas, só que poderão perder parte de seus nutrientes durante o processo de desidratação, cozimento etc.

Espero que tenham gostado e que coloquem mais pimenta no dia a dia. 

Até a próxima!


4 comentários sobre “Pimenta: conheça seus inúmeros benefícios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s