A páscoa e o chocolate

Boa noite gente !!!   

 A páscoa já está batendo na porta, e há muitos anos os chocolates também. O ovo de páscoa é considerado um símbolo pascal do nascimento e da vida. E presentear uma pessoa com um ovo de chocolate na páscoa é um costume antigo.

Sabemos que vem muito chocolate por aí, então vamos aprender mais sobre ele. 

Importante: chocolate não é sinônimo de cacau! Os estudos que vou falar aqui e todos os outros lugares que mostram os benefícios do chocolate; é do cacau, e não do chocolate, não confundam. Pois o chocolate em si, é uma mistura de ingredientes e dentro deles está o cacau (fruto do cacaueiro). Por isso que o chocolate amargo é o mais adequado e o que possui maiores nutrientes, porque sua concentração de cacau é maior. Ou seja, quanto maior a porcentagem de cacau em um chocolate, maiores serão os benefícios. 

Vamos lá! De acordo com o Instituto do Cérebro de Brasília, os efeitos mais poderosos do cacau estão relacionados com sua alta concentração de flavonóides (compostos químicos que possuem diversos benefícios para o organismo, se consumidos em quantidade certa). 

É a partir disso, que pode-se afirmar que chocolates com altos teores de cacau, e consequentemente altos níveis de flavonóides, melhoram a saúde dos nossos vasos sanguíneos, aumentado o fluxo de sangue e diminuindo a pressão arterial; também são antioxidantes, aumentando o nosso colesterol bom (HDL); reduzem inflamações; são importantes na redução da resistência à insulina; e também aumentam a microcirculação sanguínea da pele, com maior nível de fotoproteção

Além do que, sabemos que o chocolate é uma fonte de prazer, devido ao cacau possuir substâncias relacionadas com hormônios como a serotonina e a endorfina, que liberam sensações de bem-estar.

Lembrete: os chocolates mais populares como o ao leite e o branco, possuem concentrações de cacau e seus derivados muito baixas, além dos elevados níveis de gordura e açúcar. Por isso os efeitos falados acima não servem para estes tipos de chocolate e assim, seu consumo deve ser cauteloso

Chocolate branco: 0% de cacau (o grão). Contém manteiga de cacau + leite + açúcar.

Chocolate ao leite: até 35% de cacau. 

Chocolate meio amargo: 36-50%.

Chocolate amargo: 51-75%.

Chocolate extra amargo: acima de 75%.

O perigo de ingerir chocolate (de qualquer tipo), assim como qualquer outro alimento, é a grande quantidade. Como a páscoa é uma vez por ano e a tradição é o chocolate, aproveite para comer o seu preferido, e compense no exercício. Mas para outros momentos, faça melhores escolhas e leve em consideração os nutrientes que você vai estar ingerindo, e os benefícios que isso vai trazer para o seu organismo. 

FELIZ PÁSCOA PARA TODOS!!!


7 comentários sobre “A páscoa e o chocolate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s